Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Lisbonices

Uma mulher do Norte à conquista da capital

Lisbonices

Uma mulher do Norte à conquista da capital

20.10.16

Como chegar a Lisboa via Porto - Autocarro


Another Modern Myth

maxresdefault.jpg

 

Da série: "Como raio ir regularmente ao Porto/a Lisboa sem ficar absolutamente broke?" Parte 3

 

Para todos os novos lisboetas out there que estejam a abandonar o Norte rumo à capital, nunca é demais relembrar algumas dicas de mobilidade... Quer sejam estudantes a ingressar na faculdade em Lisboa, quer sejam jovens trabalhadores à procura de uma nova oportunidade, hoje em dia (e felizmente!) existem imensas maneiras diferentes (e baratas!) de chegar a Lisboa via Porto (ou arredores).

 

De autocarro:

Não é, muito provavelmente, a viagem preferida da maioria, mas viajar de autocarro entre Porto e Lisboa (e vice-versa) continua a ser, para muitos, a mais usada das alternativas. Porquê? É, certamente, a mais versátil no que diz respeito a destinos nos "arredores" e é, acima de tudo, a mais barata (se descontarmos as promoções na CP e na Ryanair, claro).

Confesso que, neste departamento, só conheço mesmo duas companhias: a Renex e a Rede Expressos

 

Em termos práticos e geográficos, a primeira sai, no Porto, da Cordoaria (junto ao tribunal e ao lado do Hospital de Santo António) e a segunda da Batalha (à esquerda do Teatro Nacional São João). À chegada, a Renex abarca no Oriente (perto da Estação e a uns metros do Vasco da Gama) e a Rede Expressos deixa os seus passageiros em Sete Rios (em frente ao Jardim Zoológico). 

 

Mas falemos de preços: a Renex cobra 20 euros por viagem individual e 38 euros por viagem ida e volta, fazendo um desconto de 3 euros na primeira opção no caso do passageiro ter Cartão Jovem. Sai um autocarro rumo ao Norte a cada duas horas e a viagem dura cerca de três horas e meia.

 

No caso da Rede Expressos, as coisas não são muito divergentes. A viagem individual também custa 20 euros, mas a ida e volta baixa e custa apenas 36 euros. Há autocarros dispersos, mas o mais normal é sair um novo a cada hora. Dica de bónus: pedir o cartão de fidelização da marca, o Rflex, é boa ideia, uma vez que permite comprar viagens com mais desconto + também é capaz de ser boa ideia sacar a aplicação da Rede Expressos para smartphones, a myRNE, que permite, entre outras coisas, comprar bilhetes e guardá-los no telemóvel.

 

Foto: Youtube